segunda-feira, 20 de setembro de 2010

O que mais me chama a atenção, não é a multidão
É o que está ali, separado, calado
Eles sempre têm muito mais a dizer
Enquanto a multidão
segue uma eterna repetição

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Clarice, Clarice, Clarice...
Jamais te perdoaria se você não tivesse deixado suas palavras...

O que seria de mim?

sexta-feira, 10 de setembro de 2010